6 dicas de SEO para imagens

6 dicas de SEO para imagens

Segundo o Google, 1 em cada 3 buscas na internet é feita por imagens. Isso significa que existe um grande potencial de tráfego a ser gerado à partir das imagens do seu site.

Confira também: SEO para vídeos: aprenda a rankear melhor no YouTube

Para aproveitar esse grande volume de buscas, é preciso que você trabalhe alguns pontos em suas imagens, é o que chamamos de SEO para Google Imagens, técnicas que ajudarão a otimizar o seu conteúdo de mídia para que ele fique bem posicionado no buscador.

Recentemente, inclusive, preparei um material aqui para o blog da A&P Publicidade, com dicas preciosas de como posicionar o seu site na primeira página do maior buscador da internet, se ainda não viu, recomendo a leitura.

Voltando ao assunto do SEO para imagens, trouxe hoje 6 pontos para observar e trabalhar nas mídias do seu site. Porém, antes vou explicar a importância de realizar tais ações e focar esforços nesse trabalho de otimização.

Por que trabalhar SEO para imagens?

Segundo pesquisas recentes, posts com imagens costumam ter uma melhor aceitação e engajamento do que artigos que possuem apenas texto. Isso significa que trabalhar as imagens dos seus artigos pode ajudar a melhorar a interação com o público e, consequentemente, o compartilhamento do mesmo.

Trabalhando o SEO para as suas imagens, você aumenta a chance das pessoas encontrarem não só a imagem, mas, consequentemente, o seu artigo como um todo.

Essa descoberta ajuda em outro ponto: gerar tráfego. Toda vez que uma pessoa encontra uma imagem no Google Imagens, a pessoa é obrigada a acessar a sua página para visualizá-la. Segundo o próprio Google, 37% do fluxo dos sites está vindo das pesquisas por imagens. Mais um bom motivo para se destacar, não é mesmo?

E por fim, outro bom motivo para otimizar e melhorar as imagens do seu site é pensar no tempo de carregamento do seu site. Como já disse anteriormente no texto “Mobile First: entenda o que é e qual a sua importância“, esse trabalho ajuda não só a sua página a carregar mais rápido, como também se posicionar melhor nas buscas orgânicas, isso porque o Google prioriza páginas que sejam rápidas, principalmente para os dispositivos mobile.

6 pontos para trabalhar em suas imagens

Agora que você já entendeu a importância de otimizar imagens, quero apresentar 6 pontos que são extremamente fáceis de trabalhar e que podem ajudar a sua empresa a se destacar no Google Imagens. Confira abaixo:

Nome do arquivo

Esse é um dos pontos de melhoria que deve ser feito ainda no seu computador. Assim como as URLs do seu site, o nome das imagens devem dizer exatamente o que é apresentado naquela mídia.

Os “crawlers” do Google, ferramenta que lê o código do seu site assim que uma pessoa pesquisa por um termo no buscador, consegue ler à partir do título do que se trata o arquivo e apresenta o resultado. 

Um exemplo. Se o seu e-commerce possuí uma foto de um tênis, porém o nome do arquivo não foi configurado e o título é, por exemplo, “IMG101.jpg”, o crawler irá ter acesso a essa informação: <img src=”IMG101.jpg”/>. Convenhamos, isso não diz muita coisa certo? Não é possível ler exatamente do que se trata

Agora se você configurar o título da imagem, de forma que explique exatamente do que se trata tal foto, o arquivo ficará parecido com: <img src=”tenis_azul.jpg”/>

Bem mais fácil de entender do que se trata a imagem mesmo sem vê-la, certo?

Legenda

O Google utiliza as legendas da sua imagem para extrair mais informações sobre o conteúdo, compreender a imagem e apresentar para os usuários.

Assim como falei no ponto anterior, o crawler não consegue ver a sua imagem assim como nós vemos, por isso, toda e qualquer informação que complemente a imagem ajuda a fazer com que a ferramenta entenda melhor do que se trata o elemento.

Por isso, utilize legendas que possuam a palavra chave que deseja rankear e que ajudem a compreender melhor o conteúdo da imagem.

Um exemplo de boa legenda para a foto do tênis que já comentei seria algo do tipo “Tênis ideal para realização de exercícios físicos“. Ela explica para qual tipo de atividade o tênis é utilizado, possue a palavra-chave “tênis” e complementa o artigo deixando claro que a página se trata de um tênis para pessoas que possuem interesse em exercícios físicos.

Alt text

O alt text serve para descrever a imagem. Ela ajuda pessoas com deficiência visual a compreender do que se trata tal imagem.

Sempre que escrever o seu “alt text”, descreva o que está na imagem de forma clara e objetiva, usando sempre a palavra-chave que está trabalhando para rankear, já que essa é uma das formas do Google entender se a imagem tem ou não relevância para o usuário.

Relevância e contexto

Essa é uma dica básica, mas de extrema importância. Lembre-se sempre de utilizar imagens que tenham relação direta com o artigo apresentado na página, segundo o próprio Google, esse é um dos principais fatores de relevância no SEO para imagens.

Tamanho da imagem

Como já falei anteriormente, é importante se atentar ao tempo de carregamento das imagens. Por isso, faça o upload de arquivos leves e que reduzem o peso/tamanho das imagens. 

Existem algumas ferramentas gratuitas que podem te ajudar com esse trabalho, listo abaixo algumas delas:

Metadados 

Para encerrar, quero falar sobre os metadados das imagens. Normalmente, as imagens possuem informações geradas diretamente no dispositivo que a capturou.

Por exemplo, uma câmera fotográfica, guarda, nos metadados da foto, as informações básicas como tempo de exposição, uso de flash, data, abertura do obturador etc.

Essas informações não são importantes, por isso é importante limpá-las para diminuir o seu tamanho e, consequentemente, o seu tempo de carregamento. Fazer essa limpeza é fácil.

Clique com o botão direito do mouse na imagem e vá até propriedades:

Na caixa que abrir, vá até a aba “detalhes“, logo abaixo, existe um link para “remover propriedades e informações pessoais“. Clique ali.

Após isso, selecione todas as informações e então clique em ok:

Simples, não é mesmo?

Conclusão

Como podemos ver, temos muito trabalho pela frente. Porém, posso garantir que todo esse esforço de SEO para imagens pode trazer resultados enormes para o seu site, gerando muitos resultados para sua estratégia de marketing de conteúdo.

Confira também no meu blog:Como aparecer na primeira página do Google?

Texto produzido por Marcelo Cezar par o blog da A&P Web.

Leave a Comment

18 + dez =